Boa noite
Beleza AdministradorAdministrador 05 Setembro 2018 (52)

737 MAX da Boeing

Nova linha em operação

737 MAX da Boeing

A mais nova família de aeronaves da Boeing – 737 MAX 7, 737 MAX 8 e 737 MAX 9 – exibe as características que trouxeram popularidade e confiabilidade à versão 737 Next Generation, aliadas à superior economia de combustível no segmento de aeronaves de corredor único. O desenvolvimento do 737 MAX caminha conforme programado, estando a configuração final da aeronave planejada para 2012, o primeiro voo para 2016 e o início das entregas aos clientes em 2017.O 737 MAX proporcionará às companhias aéreas a grande economia de combustível que esperam para o futuro. A aeronave traz um novo motor, o LEAP-1B da CFM International, que reduz a queima de combustível e as emissões de CO2 em 13%, quando comparado à maioria das aeronaves de corredor único mais econômicas da atualidade. As atualizações recentes no design da aeronave, inclusive o winglet desenvolvido com moderna tecnologia, reduzirão o arrasto e realçarão ainda mais o desempenho do 737 MAX, principalmente em rotas de longa distância.

Quando comparado a uma frota de 100 das aeronaves mais econômicas do mercado, esse novo modelo emitirá 350 mil toneladas a menos de CO2 e economizará mais de 250 milhões de libras de combustível por ano, o que significa uma redução de mais de US$112 milhões nos custos. A queima de combustível do 737 MAX 8 deve ficar 8% abaixo por assento em relação ao futuro concorrente.

O 737 MAX ampliará a vantagem sobre o 737 Next Generation em termos de alcance, com capacidade para voar mais de 3.500 milhas náuticas (6.510 km), um aumento de 405-580 mn (750-1.075 km) em relação ao seu antecessor. Com um menor peso operacional vazio, mas com maior peso máximo de decolagem, os clientes poderão aumentar a carga ou o alcance da aeronave além do que a concorrência pode oferecer.

Somados, a maior eficiência estrutural, o menor empuxo do motor e a menor necessidade de manutenção trarão grandes vantagens aos clientes em termos de custos. O 737 MAX 8 terá o menor custo operacional* do segmento de corredor único, com uma vantagem de 8% por assento sobre o A320Neo.

O 737 MAX incorporará a mais recente tecnologia de motor silencioso, que reduzirá em 40% o ruído do motor da aeronave. As emissões de óxido de nitrogênio (Nox) ficarão aproximadamente 50% abaixo dos limites estabelecidos pelo Comitê de Proteção Ambiental na Aviação (CAEP) da Organização Internacional de Aviação Civil (ICAO).

O 737 MAX manterá a confiabilidade herdada da aeronave que detém o recorde mundial atual, o 737 Next-Generation, que tem 99.7% de seus voos prontos para decolar em, no máximo, 15 minutes do horário previsto. A pontualidade é o principal fator que influencia a percepção dos passageiros em voos de curta duração, reduzindo também os custos com manutenção, voo e tripulação.

A superioridade do design do 737 se traduz num menor número de passageiros sujeitos a transtornos todos os anos quando voam um Boeing 737 em relação à concorrência. Para uma frota de 100 aeronaves 737 Next-Generation que realizam cinco voos por dia, os Boeing 737 apresentarão 590 atrasos a menos e trarão transtornos a 66.600 passageiros a menos, quando comparada a uma frota de aeronaves A320.  Enquanto a Boeing realiza as atualizações necessárias para garantir aos seus clientes a economia de combustível que desejam para o futuro, o 737 MAX manterá a confiabilidade superior do design do 737 Next-Generation.

O Boeing Sky Interior, o preferido dos passageiros, será o modelo padrão de interior das aeronaves 737 MAX. Com base em anos de pesquisa sobre a experiência de voar, o Boeing Sky Interior das aeronaves 737 trazem paredes novas com arquitetura moderna e características atraentes, que conduzem o olhar dos passageiros para as janelas da aeronave, aumentando o prazer de voar.

O interior também conta com compartimentos superiores de bagagem que giram para cima e realçam a amplitude da cabine. Os compartimentos oferecem espaço para que mais passageiros guardem sua bagagem de mão perto de seu próprio assento, proporcionando-lhes mais conveniência e mais espaço para esticarem as pernas.

A Boeing reconfigurou os interruptores de luz de leitura para que os passageiros os encontrem com mais facilidade e para evitar que apertem o botão para chamar os comissários por acidente.

Os alto-falantes integrados às poltronas dos passageiros em cada fileira melhoram a qualidade e a clareza dos anúncios feitos pela tripulação, e as novas saídas de ar para a cabine são seladas, aumentando a segurança durante as operações.

Nova família do líder de mercado 737 traz novo motor

 
Custo operacional*: 8% mais baixo por assento em relação ao concorrente  
Consumo de combustível*: 13% menor por assento em relação à mais eficiente aeronave de corredor único atualmente, a 737 Next Generation

8% mais baixo por assento em relação ao futuro lançamento do concorrente  
Motor: LEAP-1B da CFM International (otimizado para uso no 737)  
Primeira Entrega: 2017  
Interior: MAX 7/8/9 Boeing Sky Interior, o preferido dos  passageiros  
Envergadura: MAX 7 33.6 m  
Comprimento: MAX 7/8/9 35.9 m
MAX 8 39.5 m
MAX 9 42.1 m  
Altura da cauda: MAX 7/8/9 12.5 m  
Velocidade de cruzeiro: MAX 7/8/9 Mach 0,79  


Comparação** entre o peso máximo de decolagem (PDM) e o alcance máximo do 737 Next Generation e do 737 MAX:

  PMD (libras) Alcance (mn) Assentos em duas classes
737-700 154.500 (70.080 kg) 3.400 (6.296 km) 126
737 MAX 7 159.500 (72.374 kg) 3.800 (7.037 km) 126
737-800 174.200 (79.015 kg) 3.080 (5.704 km) 162
737 MAX 8 181.200 (82.190 kg) 3.620 (6.704 km) 162
737-900ER 187.700 (85.139 kg) 3.055 (5.657 km) 180
737 MAX 9 194.700 (88.314 kg) 3.595 (6.657 km) 180

 

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário.